Buscar
  • BRENDA MARTINS

Diferença entre Alongamento e Lifting de Cílios



Existem vários tipos de procedimentos para deixar os cílios super longos e bonitos. Mas cada um deles possui características específicas e técnicas diferentes. E hoje você vai entender a diferença entre alongamento e lifting de cílios.

Ambos os métodos têm ganhado destaque no mundo da beleza. Além de deixarem os cílios curvados e volumosos, eles acabam facilitando as makes.

Acontece que antes de escolher entre um desses métodos, é necessário entender a diferença entre alongamento e lifting de cílios. Então não deixe de ler esse post até o final e descubra qual a técnica mais indicada para você.

Entenda a diferença entre alongamento e lifting de cílios


A diferença entre alongamento e lifting de cílios está tanto no processo em si, como na duração dos resultados. Ou seja, cada técnica possui características próprias que devem ser levadas em consideração.

E para te ajudar nós separamos algumas das principais. Confira!

· O procedimento




A grande primeira diferença entre alongamento e lifting de cílios é o procedimento em si.

No caso da primeira técnica, também conhecida como extensão de cílios, o profissional irá grudar fios sintéticos aos naturais, dando assim mais volume a eles. O aspecto fica muito parecido com os cílios de bonecas.

Já o lifting, por sua vez, não usa nenhum fio sintético. Na verdade, nessa técnica um gel é usado para organizar os fios naturais, bem como curvá-los.


· Duração dos resultados

Outra diferença entre esses dois procedimentos é a duração dos resultados. Como o alongamento envolve a colocação de fios sintéticos, o procedimento requer uma manutenção a cada duas ou quatro semanas, conforme os hábitos da cliente.

Já no caso do lifting, que usa os próprios fios naturais da pessoa, a duração é bem maior. Ela varia entre dois e três meses, também conforme o volume dos cílios e os hábitos de quem passou pelo procedimento.


· Uso de máscara de cílios e curvex

Outra diferença entre alongamento e lifting de cílios é em relação ao uso de máscara de cílios e curvex. No caso do primeiro procedimento, esses dois acessórios são dispensáveis.

Inclusive, o uso deles não é recomendado, pois pode diminuir o tempo de duração dos resultados, uma vez que podem “tirar” os fios sintéticos.

Já no lifting, a máscara de cílios é totalmente liberada. Como nesse segundo procedimento usa-se um gel para curvar e dar volume aos cílios, não há problema algum em usar esse tipo de make.


· Duração do procedimento

Se você é do tipo de pessoa que leva muito em consideração a duração do procedimento, é preciso avaliar as duas técnicas. O lifting é bem mais rápido de ser feito.

Afinal de contas, ele envolve o trabalho direto nos fios naturais. Em média, cada sessão dura 45 minutos.

Já o alongamento é mais trabalhoso e complexo. Isso porque o profissional terá que acrescentar um ou mais fios sintéticos em cada um dos naturais.

Por conta disso o procedimento dura em torno de duas horas, dependendo da quantidade de fios sintéticos que você deseja colocar.


· Subtipos de procedimentos

Apenas o alongamento de cílios possui diferentes subtipos. Nesse processo, você pode escolher entre fios mais longos, ou uma maior quantidade de sintéticos em cada fio natural.

Isso sem contar que é possível escolher fios de diferentes grossuras e até mesmo cores. Então, o nível de personalização é bem maior.


· Cuidados após o procedimento

Os dois métodos envolvem uma série de cuidados. Principalmente se você quiser maximizar os resultados.

No caso do alongamento, a cliente não deve molhar os cílios entre as primeiras 24/48h após o procedimento. Como o método envolve o uso de cola para fixar os fios sintéticos nos naturais, é necessário deixá-la secar totalmente antes de molhá-los.

Além disso, não é recomendado esfregar a região, nem utilizar itens como máscara de cílios e curvex. Isso pode causar irritações ou até mesmo a queda dos fios sintéticos, diminuindo o tempo de duração dos resultados.

Outro cuidado importante é que a higienização da região dos olhos precisará ser feita com um shampoo especial, justamente por conta da cola.

Já no lifting de cílios, os principais cuidados são em relação a hábitos que possam comprometer o gel usado, ou até mesmo ressecar os fios. Deve-se evitar ao máximo usar água quente na região, pois ela pode diminuir o tempo de duração dos resultados.

A cliente também deve evitar ter contato com água do mar depois de ter feito o procedimento. O excesso de sal da água pode ressecar os fios, fazendo assim que o efeito volumoso e curvado se perca facilmente.

Outro cuidado importante é o uso diário de hidratante para a região dos olhos. Isso irá garantir que ela fique sempre hidratada, e que os resultados durem ainda mais.


· Finalidade

Mais uma diferença entre alongamento e lifting de cílios é em relação à finalidade. Muita gente acha que os dois procedimentos tem o mesmo objetivo, mas eles oferecem resultados diferentes.

A extensão é voltada para quem deseja dar mais volume ou ter fios maiores. Como nesse processo você consegue escolher os fios sintéticos que serão fixados, é possível determinar com exatidão o tipo de visual que você deseja para a região.

Já o lifting é voltado para quem já possui fios maiores ou mais volumosos, e deseja apenas organizá-los, trazer mais brilho, e deixar eles curvados! Nesse processo, usa-se apenas o gel, o que também acaba diminuindo as chances de algum tipo de reação alérgica.


· Reações alérgicas

Em teoria os dois procedimentos são seguros. Contudo, o alongamento tem uma porcentagem maior de gerar reações alérgicas do que o lifting.

Isso porque, esse procedimento usa uma cola para fixar os fios sintéticos aos naturais. Logo, a pessoa precisa tomar cuidado para não usar nada que tenha algum componente que possa causar irritações.

Além disso, ele também não é recomendado para pessoas que tem algum tipo de problema, como lesões na córnea, ou que já tenha sofrido com conjuntivite. Se o cliente também já tem algum histórico alérgico na região, esse método não é o mais indicado.

O lifting, por sua vez, tem uma abordagem mais natural. Como ele usa apenas fios naturais e um gel para mantê-los organizados e curvados, as chances de você ter algum tipo de reação alérgica ou adversa são bem menores.

Mas o ideal é sempre informar o especialista que vai fazer qualquer um dos dois procedimentos antes, para que ele possa indicar o método adequado.


Como saber qual o melhor procedimento para o seu caso?

Saber a diferença entre alongamento e lifting de cílios é o primeiro passo para determinar qual o procedimento mais indicado para o seu caso. Contudo, além disso, o ideal é falar diretamente com um profissional de beleza.

Ele poderá avaliar com cuidado o estado dos fios, e também seus hábitos de maquiagem, para então indicar o procedimento mais adequado. Por isso, antes de escolher a técnica, o ideal é falar com um especialista.


Conclusão

Os dois procedimentos de beleza podem ser excelentes para quem deseja ter cílios curvados e volumosos. Com qualquer uma das técnicas, você conseguirá um visual incrível para a região dos olhos, e também irá facilitar as makes futuras.

E agora que você já sabe a diferença entre alongamento e lifting de cílios, ficará mais fácil escolher entre as técnicas. Mas não deixe de falar com um profissional antes!

4 visualizações

Onde Estamos

Beauty Center Gallery 
Rua Presidente Costa e Silva, 329

Sala 1

Nova Paulinia

Paulinia SP

CEP  13.140-297

Atendimento:

Segunda a Sexta

das 9:00 as 19:00

Sábado

das 8:00 as 17:00

Tel: 19 99301-2660

Email: brendamartinssobrancelhas@gmail.com

  • Black Instagram Icon